AGENDA

14/03/2011 a 31/07/2011
Estágios profissionais 2011

Estágios Profissionais 2011

Os estágios profissionais constituem-se como uma etapa de transição para a vida activa que visa complementar uma qualificação preexistente, em contexto laboral. Visa promover a inserção de jovens ou a reconversão profissional de desempregados, através de formação e experiência prática.

Não são abrangidos neste programa os estágios cujo plano requeira perfil de formação e competências nas áreas da medicina e da enfermagem. O programa de estágios profissionais tem como objectivo complementar e desenvolver as competências dos jovens, de forma a melhorar o seu perfil de empregabilidade e apoiar a transição entre o sistema de qualificações e o mercado de trabalho.

Destinatários
- Pessoas com idade até 30 anos;
- Pessoas com mais de 30 anos, desde que tenham obtido há menos de três anos uma qualificação de nível 2, 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 e não tenham registos de remunerações na segurança social nos últimos 12 meses anteriores à entrada da candidatura;
- A pessoas com deficiências e ou incapacidade não se aplica o limite de idade estabelecido;
- Podem candidatar-se ao Programa de Estágios Profissionais pessoas singulares ou colectivas, de direito privado, com ou sem fins lucrativos.

A Candidatura
- Deve ser realizada via online através do site www.iefp.pt, sendo o prazo de decisão do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) de 25 dias consecutivos.
- O estagiário pode ser identificado na candidatura ou ser posteriormente seleccionado pelo IEFP, de acordo com o perfil indicado naquele.
O estágio tem a duração de nove meses, não prorrogáveis.

Bolsa de estágio
(IAS=419,22€)
a)      1x(IAS) – estágio nível 2 = 419,22€
b)      1,2x(IAS) – estágio nível 3 = 503,06€
c)      1,3x(IAS) – estágio nível 4 = 544,99€
d)      1,4x(IAS) – estágio nível 5 = 586,90€
e)      1,65x(IAS) – estágio níveis 6, 7, 8 = 691,71€


O estagiário terá ainda direito a receber subsídio de alimentação e direito a que a entidade promotora contrate em seu benefício um seguro de acidentes de trabalho.
O subsídio de alimentação é igual ao que é atribuído à generalidade dos trabalhadores, sendo que na ausência deste será aplicado o valor do subsídio dos trabalhadores que exercem funções públicas.

Comparticipação financeira IEFP

Entidade
- A comparticipação corresponde a 75% do valor da bolsa, no caso de se tratar de pessoas colectivas de direito privado, sem fins lucrativos, ou pessoas singulares ou colectivas de direito privado, com fins lucrativos, todas elas com um total até 9 trabalhadores;
- A comparticipação corresponde a 65% do valor da bolsa, no caso de se tratar de pessoas singulares ou colectivas de direito privado com fins lucrativos que empreguem de 10 até 250 trabalhadores;
- A comparticipação corresponde a 40% do valor da bolsa, no caso de pessoas singulares ou colectivas de direito privado com fins lucrativos que empreguem mais de 250 trabalhadores;
- A comparticipação será majorada em 10%, no caso do estagiário ser pessoa com deficiência e/ou incapacidade.


Nota: todos os estágios desenvolvidos ao abrigo do presente programa estão sujeitos a tributação fiscal nos termos legais.

Para qualquer dúvida ou esclarecimentos e para a realização de candidaturas, os interessados podem contactar o Gabinete de Inserção Profissional da Associação Comercial e Industrial de Famalicão, através do e-mail Estágios profissionais 2011 
Quarta, 30 Março 2011 
Os estágios profissionais constituem-se como uma etapa de transição para a vida activa que visa complementar uma qualificação preexistente, em contexto laboral. Visa promover a inserção de jovens ou a reconversão profissional de desempregados, através de formação e experiência prática.

Não são abrangidos neste programa os estágios cujo plano requeira perfil de formação e competências nas áreas da medicina e da enfermagem. O programa de estágios profissionais tem como objectivo complementar e desenvolver as competências dos jovens, de forma a melhorar o seu perfil de empregabilidade e apoiar a transição entre o sistema de qualificações e o mercado de trabalho.

Destinatários
- Pessoas com idade até 30 anos;
- Pessoas com mais de 30 anos, desde que tenham obtido há menos de três anos uma qualificação de nível 2, 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 e não tenham registos de remunerações na segurança social nos últimos 12 meses anteriores à entrada da candidatura;
- A pessoas com deficiências e ou incapacidade não se aplica o limite de idade estabelecido;
- Podem candidatar-se ao Programa de Estágios Profissionais pessoas singulares ou colectivas, de direito privado, com ou sem fins lucrativos.

A Candidatura
- Deve ser realizada via online através do site www.iefp.pt, sendo o prazo de decisão do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) de 25 dias consecutivos.
- O estagiário pode ser identificado na candidatura ou ser posteriormente seleccionado pelo IEFP, de acordo com o perfil indicado naquele.
O estágio tem a duração de nove meses, não prorrogáveis.

Bolsa de estágio
(IAS=419,22€)
a)      1x(IAS) – estágio nível 2 = 419,22€
b)      1,2x(IAS) – estágio nível 3 = 503,06€
c)      1,3x(IAS) – estágio nível 4 = 544,99€
d)      1,4x(IAS) – estágio nível 5 = 586,90€
e)      1,65x(IAS) – estágio níveis 6, 7, 8 = 691,71€


O estagiário terá ainda direito a receber subsídio de alimentação e direito a que a entidade promotora contrate em seu benefício um seguro de acidentes de trabalho.
O subsídio de alimentação é igual ao que é atribuído à generalidade dos trabalhadores, sendo que na ausência deste será aplicado o valor do subsídio dos trabalhadores que exercem funções públicas.

Comparticipação financeira IEFP

Entidade
- A comparticipação corresponde a 75% do valor da bolsa, no caso de se tratar de pessoas colectivas de direito privado, sem fins lucrativos, ou pessoas singulares ou colectivas de direito privado, com fins lucrativos, todas elas com um total até 9 trabalhadores;
- A comparticipação corresponde a 65% do valor da bolsa, no caso de se tratar de pessoas singulares ou colectivas de direito privado com fins lucrativos que empreguem de 10 até 250 trabalhadores;
- A comparticipação corresponde a 40% do valor da bolsa, no caso de pessoas singulares ou colectivas de direito privado com fins lucrativos que empreguem mais de 250 trabalhadores;
- A comparticipação será majorada em 10%, no caso do estagiário ser pessoa com deficiência e/ou incapacidade.


Nota: todos os estágios desenvolvidos ao abrigo do presente programa estão sujeitos a tributação fiscal nos termos legais.

Para qualquer dúvida ou esclarecimentos e para a realização de candidaturas, os interessados podem contactar o Gabinete de Inserção Profissional da Associação Comercial e Industrial de Famalicão, através do e-mail gip@acif.pt ou do número 252 315 095.

  

Facebook Google Twitter